Voice and Tone

Sou parte do Mission Team global que cuida do tom de voz do QuickBooks, da Intuit. Somos responsáveis por desenvolver os atributos e princípios e criar o personagem da marca. Faço as adaptações do tom de voz para o Brasil. Além disso, elaboro a estratégia de como o tom de voz se modifica de acordo com o momento do usuário na jornada — da consideração à compra.

Em 2018, renovamos o sistema de Voice & Tone e criamos um novo personagem de marca
O one pager de V&T da Intuit até 2018, o co-piloto, seus atributos e princípios

Como modificar o tom de voz ao longo da jornada do usuário

Gosto de usar uma tabela simples para desenvolver a estratégia de como flexionar o tom de voz. Lembre-se, a voz da marca é sempre a mesma, o que muda é o tom.

Vale pensar também em verbos e palavras que representem os atributos conforme os usuários vão se movimentando na jornada.

Por que ter seu próprio guia de tom de voz?

O guia é fundamental para quem desenha o produto, para manter a experiência consistente e ainda fazer com que os usuários se lembrem da sua marca.

Saber quem é a sua marca (personagem, atributos e princípios), ajuda a manter a experiência do usuário consistente ao longo dos pontos de contato e, em especial, dentro do produto.

Ainda não tem seu próprio guia de tom de voz?

É possível desenvolvê-lo in-house ou com a ajuda de especialistas em branding. É um verdadeiro exercício de autoconhecimento.

Olhe

A missão, visão e valores da empresa, as personas, apresentações feitas, brand book etc.

Ouça

Os usuários. O que as pessoas dizem sobre a marca? E envolva também os stakeholders da empresa.

Escreva

Com todo esse material, já é possível escrever o documento que norteará como sua marca se comunica.